-
18/08/2020 às 16h23min - Atualizada em 18/08/2020 às 16h23min

Motoristas de aplicativo protestam em Parauapebas

Por conta do coronavírus os condutores tiveram que parar de trabalhar

Andréa Ferreira / Equipe Belem
Com edição do Belém.com.br
Pela quinta vez os condutores protestam pelos seus direitos. (Foto: Andréa Ferreira)
   
Motoristas do aplicativo Uber promoveram uma manifestação nesta terça-feira (18) em frente à
Prefeitura Municipal de Parauapebas. Os condutores estão há 90 dias esperando um empréstimo prometido pela gestão do prefeito Darci Lermen (MDB).

Segundo o Movimento Família Uber, o crédito havia sido prometido à categoria no início da pandemia. Dos 50 motoristas cadastrados na plataforma, apenas dez receberam o benefício.

A categoria chegou a fechar a entrada da prefeitura. Léo Vasconcelos, um dos líderes do movimento, afirma que o valor acordado inicialmente era de R$ 20 mil e que agora foi reduzido para 3 mil reais. "Esse empréstimo foi liberado para reduzir o impacto que sofremos durante a pandemia. Temos famílias e contas para pagar. Isso não é dado e sim, emprestado, disponibilizado para nós. Agora, estão falando que não tem mais dinheiro. Enquanto isso, algumas pessoas receberam indevidamente esses valores”, enfatiza.

O Banco do Povo, responsável pela linha de crédito, e a Prefeitura de Parauapebas não se manifestaram sobre o protesto. Após se reunirem com alguns representantes da gestão do município, a categoria saiu mais uma vez sem acordo.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.0%
1.4%
3.0%
1.1%
57.8%