-
14/03/2021 às 12h00min - Atualizada em 14/03/2021 às 12h00min

Governo abre mais 50 leitos de covid-19 no Hospital Abelardo Santos

Unidade agora opera com 100 leitos exclusivos para covid-19

Agência Pará
Com edição do Belém.com.br
Ampliação busca combater a doença e garantir assistência à população paraense. (Foto: Pró-Saúde)
      
O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), abriu, neste sábado (13), mais 50 leitos para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus no Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS), somando aos 50 leitos que foram abertos na sexta-feira (12). Ao todo, a unidade agora opera com 100 leitos exclusivos de covid-19. Essa é mais uma estratégia do governo para combater a doença.

Além do Abelardo Santos, também serão abertos mais 10 leitos na Fundação Santa Casa do Pará e outros 20 leitos clínicos serão transformados em UTIs no Hospital de Campanha do Hangar. Em todas as unidades, a entrada de pacientes ocorrerá via sistema de regulação, encaminhada pelo município. Ao todo, 1.026 leitos já foram abertos no Estado desde o início de janeiro.

De acordo com o secretário de Saúde, Rômulo Rodovalho, as medidas de ampliação estão sendo adotadas em diversos pontos do Estado. “Também estamos reforçando as estruturas da Santa Casa, do Hospital de Clínicas e do Ophir Loyola na região metropolitana. No interior do Estado, estivemos na quinta em Marabá, Redenção e Altamira também promovendo a abertura de novos leitos para atender toda a população na luta contra o novo coronavírus”, explicou o titular da Sespa.

Estratégia

No dia 30 de abril de 2020, o Governo do Pará determinou a mudança de perfil do HRAS, que passou a funcionar com portas abertas para receber, sem encaminhamento, pacientes com sintomas de covid-19, com o objetivo de facilitar e agilizar o atendimento da população em razão da demanda de doentes na RMB.

O tratamento exclusivo de paciente com o novo coronavírus no hospital funcionou até o dia 10 de julho, quando a unidade – diante da redução de casos na região – passou a transferir pacientes com Covid-19 para o Hospital de Campanha do Hangar e retomou seu perfil original de atendimento. Nesse período, o HRAS atendeu cerca de 38 mil pacientes com a doença.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

66.7%
4.8%
0%
9.5%
19.0%