-
20/03/2021 às 16h00min - Atualizada em 20/03/2021 às 16h00min

Fortalecer a imunidade do corpo é essencial em tempos de pandemia

Nutricionista alerta que o intestino desequilibrado interfere na imunidade

Redação do Belem.com.br
Especialistas afirmam que há alguns nutrientes que auxiliam o corpo na defesa de infecções. (Foto:Freepik)
      
Seguir os protocolos de segurança contra o novo coronavírus, como usar máscara, higienizar as mãos constantemente e manter o isolamento social, é essencial para evitarmos a contaminação pela covid-19. Mas os cuidados devem ir além. Fortalecer a imunidade do corpo com uma alimentação saudável, por exemplo, é também fundamental no enfrentamento da doença.

Como o sistema imunológico é responsável pela defesa do nosso organismo contra agentes externos (bactérias, fungos e vírus), é importante que ele funcione bem. Apesar de não existir um alimento ou vitamina capaz de combater a covid, especialistas afirmam que há nutrientes que auxiliam o corpo na defesa de infecções.
 
A nutricionista Thayana Albuquerque, mestre em Neurociências e Biologia Celular, realiza um extenso trabalho voltado para o fortalecimento da imunidade e orientação nutricional a pacientes que estão se recuperando da doença. Ela explica que precisamos estar atentos aos alimentos que colocamos no prato.
 
"Precisamos de alimentos ricos em vitaminas C, A, D, E, zinco e selênio principalmente. As frutas cítricas são ricas em vitamina C; as frutas e legumes alaranjados ou avermelhados em vitamina A; o abacate e o azeite de oliva em vitamina E; as oleaginosas em zinco e selênio, sendo a castanha-do-pará a melhor fonte", destaca.
 
A nutricionista lista ainda outros alimentos que possuem substâncias capazes de fortalecer a imunidade, como o chá verde, a cúrcuma (açafrão), alho, própolis e a cebola. Mas, segundo ela, a ingestão desses alimentos por pacientes com Covid merece considerações. "Depende muito dos sintomas da doença, pois, em algumas pessoas, as reações gastrointestinais são mais fortes e, nestes casos, entramos com o aporte da suplementação", explica.

O cantor e compositor Nilson Chaves, que contraiu a doença e passou quase um mês hospitalizado, é um dos pacientes de Thayana e diz que a orientação nutricional está sendo fundamental para a recuperação dele.
 
"Eu estou nesse momento me sentindo muito bem, em fase plena de recuperação, graças a Deus e a esse trabalho nutricional com suplementação de vitaminas, aliada a um cardápio como muitas frutas, carnes, feijão, arroz etc. Os efeitos são maravilhosos", atesta o músico
 
Para aumentar a imunidade, a nutricionista ressalta que os alimentos devem ser consumidos diariamente, de forma balanceada, já que alguns estudos já demonstraram que um intestino desequilibrado interfere na imunidade e aumenta as chances de agravar a covid ou até mesmo interferir no efeito esperado pela vacina.

"Somente uma alimentação saudável é capaz de nutrir as bactérias boas do intestino. Além disso, para que possamos realmente fortalecer nosso corpo contra a covid, o auxílio dos suplementos se faz necessário, como vitaminas, minerais, probióticos e imunomoduladores", explica Thayana.
 
Imunomoduladores são nutrientes que atuam diretamente no sistema imunológico, modulando-o de forma a fortalecer suas defesas e funcionamento, como o ómega 3 e o aminoácido glutamina. Já os probióticos são bactérias benéficas que vivem no intestino e melhoram a saúde geral do organismo e fortalecem o sistema imunológico.

Os probióticos podem ser ingeridos através do aumento do consumo de alimentos com probióticos naturais, como o iogurte ou o kefir, por exemplo. Mas também podem ser consumidos através de suplementos com probióticos. Para saber a melhor forma de ingestão, é importante procurar orientação profissional.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O Círio 2021 está na porta e o Belém quer saber: qual a melhor comida do Círio na sua opinião?

78.9%
21.1%