-
24/09/2019 às 14h36min - Atualizada em 24/09/2019 às 14h36min

Belém recebe exposição "Casa do Alumínio"

Mostra têm como objetivo aproximar a sociedade paraense da indústria do alumínio

Portal Belém
Assessoria de Comunicação da Hydro
O Pará é um Estado que tem um papel fundamental na cadeia do alumínio (Foto: Reprodução/Internet)

O alumínio está presente no cotidiano das pessoas de muitas formas diferentes, das embalagens de leite longa vida e latinhas aos meios de transporte, sejam eles bicicleta, carro, ônibus ou avião, passando pelas janelas, laptops e smartphones. Isso sem falar no seu uso como matéria-prima para a criação de obras de arte e objetos de design.
 
É com a missão de mostrar a importância desse metal para a sociedade que o projeto “Casa do Alumínio – uma experiência de arquitetura, arte e design” chega a Belém, por meio do Ministério da Cidadania, via Lei de Incentivo à Cultura e Usina Projetos.
 
Construída a partir de dois containers, com área útil de 150m2, a Casa do Alumínio está em exposição no shopping Bosque Grão-Pará, até o próximo dia 27, das 12h às 20h30. Trata-se de uma instalação que imita uma casa real, com quarto, sala de estar, banheiro, cozinha, varanda e garagem.
 
A exposição itinerante, que já passou por São Paulo, Brasília e São Luís, conta com uma área extra produzida pela Hydro e Albras na edição que agora chega em Belém. Nesse espaço adicional, está montado um jardim com diversas atividades e interações lúdicas, com destaque para a simulação do programa de reflorestamento conduzido pela empresa na sua mina em Paragominas. O visitante é convidado a “colocar a mão na massa”, e plantar sementes e mudas típicas da região.
 
Ao final, receberá um certificado atestando sua contribuição e, após o término da exposição, as sementes e mudas serão transportadas para a área de reflorestamento da companhia, na Mineração Paragominas. O espaço traz ainda experiências tecnológicas e de realidade virtual para explicar, em linhas gerais, o processo industrial de obtenção do alumínio.
 
Entre as patrocinadoras do evento, Hydro e Albras têm como objetivo aproximar a sociedade paraense da indústria do alumínio. A ideia é que o visitante possa compreender as três etapas principais do processo de produção do metal: a extração da bauxita; o refino da bauxita em óxido de alumínio, a alumina; a transformação da alumina no metal primário alumínio, e a transformação disso em produtos finais.
 
O Pará é um Estado que tem um papel fundamental nessa cadeia, sendo um polo produtor global de alumínio que conta com a terceira maior reserva de bauxita no mundo. Segundo dados da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), o Brasil é o décimo primeiro produtor de alumínio primário, o terceiro produtor de bauxita e o terceiro maior produtor de alumina. Do mesmo modo, é referência na atividade de reciclagem, reaproveitando praticamente toda a sucata disponível.
 
A casa oferece também uma programação especial destina as crianças de escolas públicas locais selecionadas, com atividades lúdicas, oficinas de pintura com estêncil, artesanato com fios, folhas e chapas de alumínio.
 
Serviço:
Casa do Alumínio – Uma experiência de Arquitetura, Arte e Design
Data: Até 27 de setembro
Horário de funcionamento: de 12h às 20h30 
Local: Shopping Bosque Grão Pará (Praça da Tok & Stok)
Entrada gratuita

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.3%
1.4%
3.1%
1.0%
57.6%