-
14/05/2021 às 15h00min - Atualizada em 14/05/2021 às 15h00min

Preço do pescado volta a cair na grande Belém

Pela segunda vez no ano o valor do peixe registra queda

Agência Belém
Com edição do Belem.com.br
Valor do pescado tem queda consideravél na grande Belém (Foto: Ascom/Secon)

          
Pela segunda vez em 2021, o peixe vendido nas feiras e mercados municipais de Belém tiveram queda no preço, de acordo com a pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 14, pela Secretaria Municipal de Economia (Secon) e pelo Departamento Intersindical de Pesquisa e Estudos Socioeconômicos (Dieese-Pa).

Depois de uma série de elevações nos primeiros meses do ano, a tendência é que, de fato, haja quedas nos preços dos peixes devido a alguns fatores favoráveis à compra, como, por exemplo, a sazonalidade do produto.

As maiores baixas ocorreram nos valores dos seguintes pescados: Corvina, com recuo de -7,42%, seguida da Pescada Branca -6,31%, Tamuatá -4,64%, Bagre -4,17%, o Tucunaré teve baixa de -3,21%, Peixe Pedra e Arraia com -2,61%.

Políticas de controle de abastecimento foram realizadas pela Prefeitura de Belém, e pelo Governo do Estado, para que fosse articulado com os atacadistas, garantindo assim, preços acessíveis à população.

As quedas sequenciais são um avanço, principalmente porque o valor do peixe caiu em um dos momentos de maior procura, durante a Semana Santa.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%