-
16/05/2021 às 09h00min - Atualizada em 16/05/2021 às 09h00min

Óleo de cozinha pode ser entregue em ponto de coleta na Secretaria de Meio Ambiente

O descarte irregular do resíduo causa problemas socioambientais

Agência Pará
Com edição do Belem.com.br
A destinação incorreta do óleo também compromete a absorção da água da chuva pelo solo (Foto: Divulgação)
             
A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) continua recebendo óleo de cozinha em seu posto de coleta na sede da Secretaria, no bairro do Marco, em Belém.    
 
O objetivo da ação é utilizar o líquido coletado para a confecção de sabão em barra, um meio ambientalmente viável de reaproveitamento desse óleo.Iniciado no último dia 05, a Semas já recebeu 61,5 litros do resíduo. 
 
O descarte irregular do resíduo causa problemas socioambientais, pois atrai animais vetores de doença e danifica tubulações. A poluição hídrica é outro problema, uma vez que a distribuição de oxigênio à vida marinha é prejudicada.
 
A destinação incorreta do óleo também compromete a absorção da água da chuva pelo solo, propiciando enchentes, assim como causa a infertilidade do solo, impossibilitando o cultivo de plantações. O óleo emite gases responsáveis pelo efeito estufa – como o metano – contribuindo para a  poluição atmosférica.
 
A Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceam) é responsável pelo ponto de coleta e garante a destinação adequada do resíduo, reciclando o líquido em oficinas de produção de sabão destinadas aos moradores dos bairros atendidos pelo programa do Governo do Estado Territórios Pela Paz (TerPaz), especialmente pessoas em situação de vulnerabilidade.
 
Serviço
O ponto de coleta de óleo funciona de segunda a sexta, das 9h às 14h, na Travessa Lomas Valentina, nº 2717, sede da Semas. O material deve ser armazenado de preferência em uma garrafa PET.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%