-
18/05/2021 às 09h20min - Atualizada em 18/05/2021 às 09h20min

Maio Laranja: Marituba lança campanha de combate à violência infantojuvenil

O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre o o tema

Comus/Marituba
Com edição do Belem.com.br
A campanha dura o ano todo, mas esta data é determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000. (Foto: Divulgação)
          
O dia 18 de maio é marcado pela Campanha Nacional de Conscientização do Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.  O objetivo da campanha é mobilizar e sensibilizar a sociedade sobre o enfrentamento e combate, por meio de denúncias aos crimes e das situações de violência sexual.

Além do serviço de assistência social, o município presta serviços especializados e continuados a crianças e adolescentes que passam por qualquer tipo de violação de direitos. “Aqui nós temos uma equipe multiprofissional, que está atenta para receber esses jovens, fazendo todos os atendimentos necessários, para que possa ser possivél superar essa violação”, disse a coordenadora do Creas Marituba, Rafaela Reis.

A campanha dura o ano todo, mas esta data é determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de oito anos de idade, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.

Denúncia

Em Marituba, entre 2013 e 2020, foram realizadas mais de 350 denúncias de violência sexual. Diariamente, crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência em vários ambientes por eles frequentados. Desses casos, 25 eram de crianças de zero a onze anos de idade, em sua maioria do sexo feminino.


“A sociedade é o olhar que nós precisamos para agir. Por isso, é muito importante o papel da sociedade nesse processo, porque nós não temos olhares em todos os lugares. E a denúncia é primordial para que isso aconteça, sem a denúncia, sem essa visão é impossível”, destacou O conselheiro tutelar Adriano de Jesus Araújo.

Serviço
Disque 100
Conselho Tutelar: (91) 98230-6780/ 98909-4705

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.9%
2.8%
2.7%
2.2%
4.6%
14.4%
1.5%
3.2%
1.1%
57.5%