-
27/05/2021 às 08h27min - Atualizada em 27/05/2021 às 08h27min

Greve de ônibus causa transtornos a trabalhadores em Belém e RMB

A greve pegou muitos trabalhadores de surpresa

Fabiana Batista
Redação do Belem.com.br
A greve não tem previsão para terminar (Foto: Danrley Felipe / Ônibus Brasil)
           
Os municípios de Belém, Ananindeua e Marituba amanheceram sem ônibus nesta quinta-feira (27). Rodoviários entraram em greve após não terem suas reivindicações atendidas durante reunião com representantes patronais durante a tarde da última quarta (26). 

A greve pegou muitos trabalhadores de surpresa e desde o início da manhã, por volta das 5h, quando os ônibus começam a circular nos municípios, nenhum veículo foi visto na ruas. 

Muitos trabalhadores precisaram optar pelo transporte alternativo e reclamavam do preço 'salgado' cobrado. "Tem van cobrando entre R$ 5 e R$ 6. É um valor muito alto para nós trabalhadores assalariados. Até quando dura esta greve? Não vai dar pra pagar este valor todos os dias", questionava o técnico em eletrotécnica Alailson Melo.

Já a diarista Beth Silva resolveu cancelar uma faxina em uma residência. "Não tenho como pagar este preço de passagem. Também é muito complicado depender destas vans porque não sabemos em que momento vão passar e se vão estar muito cheias. Tenho medo da pandemia também. Não podemos andar em locais muito lotados e hoje tenho certeza que elas (vans) estarão assim", disse a diarista chamando a atenção para os riscos da pandemia da covid-19. 

A greve não tem previsão para terminar.        

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%