-
13/10/2019 às 14h06min - Atualizada em 13/10/2019 às 14h06min

Círio 2019 mais uma vez mostra a força e fé do povo paraense

Mais de dois milhões de pessoas prestigiam uma das maiores festas religiosas do mundo

Jamylle Araújo (estagiária do belem.com.br, com revisão da jornalista Elck Oliveira - DRT 1847)
Jamylle Araújo
Mais de dois milhões de pessoas se aglomeram pelas ruas de Belém para ver a passagem da Santa (Foto: Airton Nascimento)
 
Da igreja da Sé à Praça Santuário, da Cidade Velha à Nazaré, promesseiros e devotos percorreram 3,6 km na manhã desse domingo (13), renovando a fé e a esperança, seguindo a Rainha da Amazônia, Nossa Senhora de Nazaré, na edição de número 227 do Círio.
 
A procissão saiu da igreja da Sé às 7h05, em direção à Praça Santuário, seguindo pelas avenidas Boulevard Castilhos França, Presidente Vargas e Nazaré, chegando por volta das 11h30. A edição foi considerada uma das mais rápidas da história, com a duração de quase quatro horas e meia.
 
Dois milhões de pessoas acompanharam a romaria esse ano. Entre elas, estava a estudante Pamela Motta, de 20 anos, que chegou à praça da Sé às 3h da manhã para pegar um lugar na corda. Agradecer pelas bençãos dadas a ela e à sua família foi o que a motivou a ir pela primeira vez na corda, para estreitar seus laços de fé com a Nazinha.
 
 “Só acompanhar e ver pela televisão, pra mim, não é uma demonstração suficiente da minha fé, do que eu estava sentindo, então eu quis ter esse sentimento de estar aqui e poder agradecer pessoalmente”, contou, emocionada.
 
A berlinda, com a decoração de cravos vermelhos e orquídeas da Amazônia, ao longo do trajeto, recebeu diversas homenagens, emocionando os olhos atentos de quem assistia a procissão.
 
Uma das principais homenagens prestadas vem da Varanda de Nazaré, que está na nona edição, comandada pela cantora Fafá de Belém. Entre os famosos que vieram prestigiar e conhecer a festa católica, estava a cantora Gretchen, na sua primeira vez assistindo ao mar de gente passar.
 
“É emocionante estar a primeira vez, é uma experiência única. Eu espero que repita todos os anos, já virei devota também, não tem mais como não vir”, disse a cantora, encantada com a recepção e a energia da cidade na época do Círio.
 
Mais um Círio passou, deixando lembranças, desde as fitinhas coloridas amarradas nos pulsos das pessoas até o sentimento de gratidão, amor ao próximo e renovação de energias.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%