28/03/2022 às 10h20min - Atualizada em 28/03/2022 às 10h20min

Belém abre edital de licitação para o transporte coletivo em até 60 dias

O ato visa a melhoria no serviço do transporte público na capital

Com edição do Belem.com.br
Agência Belém
A partir de hoje (28), os usuários do transporte público pagam R$ 4,00 na passagem. (Foto: João Gomes / Ag. Belém)

 

                                                                                                                   
A Prefeitura de Belém Belém, em até 60 dias, realizará terá a abertura do edital de licitação para a modernização do transporte coletivo. O anúncio 
foi pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, pelas redes sociais da PMB na última sexta-feira (26), quando ele vetou o valor da tarifa de R$ 5,00 e fixou em R$ 4,00 reais. O prefeito assinou o decreto homologando a tarifa, que já vale a partir desta segunda-feira (28). 


Com a medida do prefeito, a tarifa passa dos atuais R$ 3,60 para R$ 4,00. Assim sendo, R$ 0,40 centavos a mais ou 11% de reajuste, ficando abaixo da inflação e mantendo Belém como uma das capitais do Brasil com menores tarifas, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA). 


"O reajuste que determinei levou em consideração a situação econômica e social da população que utiliza o transporte coletivo na cidade, que, há anos, vem sendo sucateado, e que não suportaria pagar por valor mais alto", ressaltou o prefeito Edmilson Rodrigues.


Nesse tempo de até 60 dias, a Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), continua trabalhando na fiscalização das linhas de ônibus, para garantir o cumprimento da prestação do serviço e os direitos dos usuários a um transporte adequado.


Financiamento 


O prefeito da cidade destacou sobre o financiamento do sistema de transporte. “Em conjunto com outras prefeituras da Região Metropolitana de Belém, serão construídas soluções para o financiamento do sistema, como o subsídio que já está em aprovação pelo Congresso Nacional, em Brasília (DF)”. Com o novo reajuste, tarifa ficou 31% abaixo da proposta dos empresários.


Na quinta-feira (24), na sede da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), o Conselho de Transporte aprovou a nova tarifa de ônibus em R$ 5 reais. Em seguida, o Conselho Deliberativo (Condel) se reuniu e ratificou a sua decisão. A entidade elaborou uma Resolução, que foi encaminhada ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues.


O documento foi protocolado na tarde do mesmo dia no Gabinete Municipal, em Nazaré, para homologação e decisão final do prefeito da cidade. 


Contudo, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) defendia a tarifa de R$ 5,12. Mas, com a decisão do prefeito, ficou R$ 1,12 a menos, ou seja, 31% abaixo que o proposto pelos empresários, que pleiteavam 42% de acréscimo.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »