28/03/2022 às 14h21min - Atualizada em 28/03/2022 às 14h21min

Complexo do Ver-o-Peso comemora 395 anos como um dos principais pontos da cultura e culinária paraense

As comemorações ocorreram nesse domingo (27)

Com edição do Belem.com.br
Agência Belém
O Complexo do Ver-o-Peso reúne seis espaços tradicionais da capital paraense. (Foto: Divulgação)

 

                                                                                                      
O Complexo do Ver-o-Peso completou nesse domingo (27) 395 anos de existência. Para comemorar, uma programação foi realizada com feirantes, moradores e turístas que passavam pelo local. As comemorações começaram com uma missa, no Mercado de Carne Francisco Bolonha,
 presidida pelo Cura da Sé, cônego Roberto Cavalli.


Logo após a missa, os trabalhadores do Complexo do Ver-o-Peso e autoridades se reuniram em frente ao Solar da Beira para cantar parabéns ao espaço turístico da cidade. Ao som de músicas regionais, muitos feirantes e transeuntes aproveitaram para garantir uma fatia do bolo de 395 anos.
 

O Vice-prefeito de Belém, Edilson Moura, acompanhado do titular da Secretaria Municipal de Economia (Secon), Apolônio  Brasileiro, e parlamentares estaduais, parabenizou as pessoas que fazem parte do dia a dia da feira.

"Sabemos da importância de termos uma feira higienizada para o feirante trabalhar e as pessoas comprarem suas mercadorias. Tenham certeza, que, apesar do abandono que nossas feiras sofreram nos últimos anos, nós temos esse olhar carinhoso para melhorar a qualidade da feira", salientou o vice-prefeito.

A culinária paraense é ressaltada no Ver-o-Peso. (Foto: Divulgação)

A culinária paraense é ressaltada no Ver-o-Peso. (Foto: Divulgação)




Estrutura


O Complexo do Ver-o-Peso reúne seis espaços tradicionais da capital paraense a Feira do Açaí, Pedra do Peixe, Mercado de Ferro, Mercado Francisco Bolonha, Solar da Beira e a Feira livre. O local é marcado por ser a mescla de culturas e costumes, além de ser ponto de encontro dos moradores dos 73 bairros de Belém e turistas.
 

Para o titular da Secon, Apolônio Brasileiro, é muito importante manter o Ver-o-Peso limpo para a rotina do dia. “ Eles (os feirantes) acompanham nossas ações e caminham junto conosco para proporcionar melhorias para a área, como a lavagem que é realizada quinzenalmente em toda a feira, pela Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), além do contínuo ordenamento da feira realizado pelos os nossos servidores da Secon”, disse.


Complexo funciona com 1.751 trabalhadores e trabalhadoras cadastrados na Secretaria Municipal de Economia (Secon), em uma área de quase 30 mil metros quadrados. A área comercial é administrada pela Secon, que realiza o ordenamento diário da feira.

Complexo funciona com 1.751 trabalhadores e trabalhadoras em uma área de quase 30 mil metros quadrados. (Foto: Divulgação)

Complexo funciona com 1.751 trabalhadores e trabalhadoras em uma área de quase 30 mil metros quadrados. (Foto: Divulgação)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »