-
16/11/2019 às 11h14min - Atualizada em 16/11/2019 às 11h14min

Banda paraense Hits dispara nos ranques do Nordeste brasileiro

A banda foca em estilos como o sertanejo misturado com ritmos paraenses

Texto de Rosiane Rodrigues, estagiária Belém.com.br
Revisão de Carolina Neves
Foto: Banda Hits

A banda paraense Hits, criada há sete anos, pelo músico Marcello Mariano Braga, tem ganhado força no Pará e no Nordeste do Brasil. Com uso de elementos de percussão e sanfona, a banda lançou o último EP “É tudo nosso!”, com cinco músicas inéditas e está em processo de finalização e remasterização em São Paulo, com os ritmos seguindo a linha de uma pegada mais sertaneja. A banda também ainda está em fase de produção do clipe das músicas “Temporal” e  “A dança do caranguejo,” filmados aqui em Belém.

 

Hits, hoje com dez integrantes, dentre eles vocalistas, músicos, bailarinos e produção, começou como banda de bailes, mas foi pegando força e hoje viaja o Brasil inteiro, levando alegria para quem participa dos Shows. “O sonho de todo artista de Belém é 'estourar' música. Quando a gente percebe que a nossa música está começando a acontecer, que tem aceitação, que até empresários olham para nós com um jeito especial, nos dá alegria e é o reconhecimento de todos os anos de trabalho e dedicação”, explicou Marcello Mariano, músico há 26 anos e um dos vocalistas da banda.

 

As músicas da banda já estão entre as mais tocadas nas rádios do Nordeste do Brasil, o que também serve de vitrine para promover os músicos do Pará. “A banda Hits toca boa música e felicidade, acima de tudo. Sempre que eu começo um show, digo que a galera pode esperar uma explosão de alegria, porque a banda é muito alegre e concentrada naquilo que faz. Procuramos vender essa energia”, disse o músico. 

 

Hits também faz sucesso no interior do Pará. “A gente procura tocar um pouco da nossa música, do bregaço, muita pisadinha, forró e sertanejo”, disse Marcello Mariano.

 

Apesar de eclética, a banda foca em estilos como o sertanejo. “Mesmo tocando um ritmo que não é daqui, no nosso CD, a gente também coloca ritmos paraenses para não nos distanciarmos da nossa cultura, da nossa identidade musical”, destacou Marcelo.

 

Com agenda lotada, a banda analisa as propostas para 2020. “Vai ser um ano muito decisivo para a gente. Muita gente quer levar a banda para fora. Tem gente que quer que a gente se mude do Pará, mas ainda temos agenda para cumprir aqui e a gente fica entre a cruz e a espada, sem saber o que de fato vai acontecer”, concluiu o vocalista.

 

Quem quiser conhecer mais sobre a banda paraense basta seguir nas redes sociais @oficialbandahits.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%