-
23/08/2019 às 00h16min - Atualizada em 23/08/2019 às 00h16min

Belém tem uma das bibliotecas comunitárias mais antigas do Brasil

Com 42 anos de história, o espaço beneficia diretamente mais de mil pessoas do Guamá e da região

Portal Belém
Biblioteca localizada no Guamá incentiva a leitura e garante vários projetos sociais para a comunidade (Crédito: Assessoria Nossa Biblioteca).
Pouca gente sabe, mas Belém conta com a terceira biblioteca comunitária mais antiga do País. O Espaço Cultural Nossa Biblioteca, localizado no bairro do Guamá, completou, em 2019, 42 anos, e segue beneficiando, diretamente, mais de mil pessoas, não só daquele bairro como de toda a região. O Espaço foi fundado na década de 70, por um grupo de irmãs missionárias holandesas.
 
No começo, era apenas uma pequena biblioteca de madeira, mas já promovia o acesso à leitura entre os moradores da comunidade. Hoje, também incentiva e mobiliza os moradores do bairro a conhecer os seus direitos, como cidadãos.
 
O espaço atrai pessoas de todas as idades. "Faço teatro, literatura e círculo de leitura. Gosto de vir porque tenho muitos amigos. Eu gosto de ficar aqui na biblioteca à tarde inteira", contou a jovem Airam Maria, de 14 anos, que frequenta a biblioteca desde os primeiros anos de vida.
 
Dança, teatro e leitura são algumas das atividades mais procuradas pelas crianças do bairro. "Eu faço dança e leitura na Nossa Biblioteca. Aqui, eu aprendi a ler e faço coisas que vão muito além dos estudos. É igual uma família pra mim", afirmou a pequena Luanny Fernanda, de oito anos.
 
Ao todo, a biblioteca conta com cerca de quatro mil livros. Além da leitura, são desenvolvidos projetos como roda de conversa, brinquedoteca, círculo de leitura, aula de teatro, aula de música popular paraense, sarau, sessões de cinema, entre outros projetos que envolvem os leitores e as famílias, tudo de graça.
 
No acervo, estão livros da literatura paraense, brasileira e estrangeira, além de livros para pesquisas acadêmicas. A biblioteca fica na rua 25 de junho, no Guamá. Aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O que mais você gostou no Círio 2021

6.9%
6.9%
44.8%
31.0%
10.3%