Coisa Preta - Funk Soul Rap

07/12/2019

Coisa Preta - Funk Soul Rap

“I FEEEEEEEL GOOOOOOOOOD!”

Esse era o grito inicial de um dos grandes hits do icônico pai do Funk Soul, Mr. dynamite , mais conhecido como James Brown. Nascido em 1933 ,na Carolina do Sul (EUA), de um infância muito pobre, anos depois vindo a se tornar uns dos mais influentes artistas do século. James Brown foi um dos criadores do gênero Funk, ritmo que nasceu por volta de 1965, derivado do Jazz, misturado com R&B e com Soul Music, ritmo inovador e muito bem swingado com guitarra, bateria e metais .

A Soul Music, surgiu nos anos 50 e prosseguiu pelos anos 60, derivando outros demais ritmos. A soul fundia o gospel com Jazz e blues, tornou-se popular para dançar e ouvir, teve gravadoras como a Motown e Atlantic, que foram influentes durante o movimentos a favor de direitos civis nos Estados Unidos. O termo "soul" era muito usado pelas comunidades, significa algo relacionado a alma, algo de verdade, que seria referente a música negra, independente de qual gênero.

O Rap, que significa rhythm and poetry (ritmo e poesia), surgiu nos anos 60 na Jamaica, e foi levado pelos jamaicanos para os Estados Unidos no inicio da década 1970, especificamente em bairros pobres de Nova Iorque, jovens negros e latinos, estavam na busca de uma sonoridade nova, com uma batida rápida e letra em forma de discurso, contextualizando as dificuldades do cotidiano, assim dando uma novo significado ao RAP.

No Brasil, estes gêneros musicais tiveram também seus percussores e influenciadores, a Soul music se iniciou no final do anos 60 pra início de 70, mas só se consolidou com nomes como Tim Maia, Cassiano e Hyldon, misturando com Samba e Bossa nova. Já o Funk, que de longe não lembra o funk swingado de James Brown e sim as batidas do Miami Bass, sub-gênero do hip-hop, criado nos anos 80, estilo eletrônico tocado por DJ’s em boates, chegou no brasil através de Bailes de periferia, ganhando espaço e também ao longo do tempo sofrendo mudanças em suas batidas. No Rap vários MC’s foram influenciados pelo Funk carioca, nas batidas, nas levadas, porém o Rap no Brasil foi relatando o cotidiano difícil de jovens de periferia, abordando a miséria, a violência e o racismo com letras fortes e impactantes. O Funk e o Rap, atualmente, com avanços tecnológicos vivem um momento de crescimento muito importante nacionalmente, abrangendo várias localidades, classes, gêneros, etnias, se tornando ferramentas de inclusão e emponderamento.

É com esse conceito, que o Coisa Preta de Dezembro vai rolar, enaltecer esses gêneros e ritmos que ainda são estigmatizados, rotulados na forma de entende-los. Aguardamos vocês no dia 7 de dezembro na Kasa Coentro para celebrarmos a edição Funk Soul Rap, dos “clássicão” aos atuais!!

E a pista será comandada pelos DJ's residentes e organizadores do Baile Coisa Preta, que são:


1. Djéia Monike Zamorim
2. Djéia Isa Feio
3. DJ Arthur TheBlack
4. DJ Lucas Lima
5. DJ Jonny Rabelo

Informações:

Local: Kasa Coentro
Data: 07/12/2019 (sábado)
Horário: 20:00 ás 4:00.


Ingressos:

*20:00hrs até 22:00hrs - R$ 10,00 (Individual).

*22:00hrs em diante - R$ 15,00 (Individual).

Promoção CP: das 20:00 as 21:00 - R$ 15,00 Ingresso (DUPLO).


> NÃO ESQUEÇA SEU DOCUMENTO COM FOTO <


É proibida qualquer atitude de racismo, machismo e lgbtfobia. Caso isso ocorra, procure imediatamente um dos organizadores e nós tomaremos as medidas cabíveis na mesma hora. Não hesitem em nós chamar, esse baile e feito pra vocês e queremos todas e todos se sentindo seguros dentro dele.

FESTA PROIBIDA PARA MENORES DE 18 ANOS.
Link
Tags »
Próximos Eventos »
Comentários »
-

O Círio 2021 está na porta e o Belém quer saber: qual a melhor comida do Círio na sua opinião?

71.4%
28.6%