-
15/02/2020 às 13h44min - Atualizada em 15/02/2020 às 13h44min

Escolas de Samba do 2° grupo abrem o Desfile de Belém

Programação segue neste sábado e domingo, 15 e 16

Agência Belém
Com edição do belem.com.br
Os ingressos para as arquibancadas da Aldeia Amazônia são gratuitos (Foto: João Gomes/Agência Belém)
        
Uma vasta floresta tomou conta da Aldeia Amazônica, no primeiro dia do Carnaval Oficial de Belém. A Associação Carnavalesca A Grande Família abriu o desfile desta sexta-feira (14), levando para a avenida o enredo “Amazônia - O Lamento do Povo da Floresta”, uma reflexão sobre a importância da preservação da floresta e o seu valor.

O Desfile Oficial de Carnaval de Belém é uma promoação da Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), em parceria com a Liga das Escolas de Samba de Belém.

“Preservar a Amazônia é importante, não somente pela floresta, mas porque muitas pessoas e animais dependem dela para sobreviver. Até mesmo porque, muitos remédios e outros produtos que utilizamos no nosso cotidiano usam extratos retirados da floresta”, defende a diretora da escola, Walda Ferreira, explicando o enredo escolhido pela escola para o Carnaval deste ano. A escola A Grande Família foi a agremiação rebaixada no Carnaval do ano passado, deixando o primeiro grupo do Carnaval no desfile deste ano, e por isso abriu o desfile do Segundo Grupo das Escolas de Samba.

Mocidade - A segunda agremiação a entrar na avenida foi a Associação Carnavalesca Mocidade Botafoguense, que contou o enredo “Saravá”, uma expressão que pode ser entendida como um "salve" ou "bem-vindo", usada quando algum participante chega ao candomblé, por exemplo, chega um algum lugar. E houve quem se identificasse, de cara, com o enredo. “Amo o carnaval pela imensa possibilidade que ele tem de deixar um legado para quem assiste, e eu achei muito interessante a maneira sutil que eles abordaram a religião”, comentou Lúcia da Silva, brincante há anos do carnaval.

Durante a noite, a programação contou ainda com a apresentação de outras seis escolas. Associação Carnavalesca Coração Jurunense; Associação Carnavalesca Império Jurunense; Grêmio Recreativo Escola de Samba Habitat do Boto; Grêmio Recreativo Carnavalesco Os Colibris; Associação Carnavalesco Cacareco; Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos da Pedreira foram as agremiações que completaram o primeiro dia de desfile.

Com a Aldeia Amazônica totalmente revitalizada, o palco para o samba teve uma plateia muito satisfeita com o que viu já no primeiro dia. "Vim com toda minha família para assistir aos desfiles. Moro aqui no bairro da Pedreira e sei o quanto essa reforma está fazendo a diferença para quem passa pela avenida”, destacou a moradora do bairro da Pedreira, Eli Corrêa.

Serviços - A Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Cultural de Belém (Fumbel) e demais órgãos municipais, preparou uma completa estrutura para o carnaval, proporcionando muita diversão, segurança e tranquilidade para foliões e público em geral.
A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) esteve presente com a distribuição de preservativos para foliões, que estavam tanto na avenida, quanto aos que assistiam as apresentações nos camarotes e arquibancadas. “É importante trazer a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis e AIDS para o carnaval de Belém”, destacou o titular da Coordenadoria da Diversidade Sexual (CDS) da Sesma, Cledson Sampaio.

A Guarda Municipal de Belém (GMB) garantiu a segurança da avenida e entorno, com a presença de um efetivo de 200 homens. “Estamos atuando em toda a avenida, pois um evento como esse merece atenção especial por parte do sistema de segurança, para que a população e o brincante sintam-se ainda mais seguros”, enfatizou o inspetor da Guarda Municipal, Marco Barros. O efetivo vai permanecer atuando nos próximos dias de desfile.

Os serviços de limpeza também foram levados para a avenida, com equipes da Secretaria de Saneamento (Sesan). Durante os três dias, serão executados os serviços de varrição, com 60 homens trabalhando durante toda a extensão do percurso das escolas de samba, e no entorno da Aldeia Amazônica.

A Secretaria de Economia (Secon) e a Ordem Pública trabalham de forma integrada. “Montamos um esquema de fiscalização para reforçar a organização da festa. Conseguimos atender a todos os ambulantes, incluindo os que não estavam cadastrados, e que também ganharam um espaço para trabalhar”, reforçou a diretora da Ordem Pública, Elizete Cardoso.

Programação - A programação do Carnaval Oficial da Prefeitura de Belém segue durante todo este final de semana, ainda, com os desfiles das escolas de samba do Primeiro Grupo, neste sábado, 15, e do Terceiro Grupo, no domingo, 16, com início dos desfiles sempre às 19 horas.

Veja a ordem dos desfiles:
- Sábado, 15 (Primeiro Grupo ou Especial):
1. Mocidade Unida do Benguí
2. Embaixada de Samba do Império Pedreirense
3. Deixa Falar
4. Piratas da Batucada
5. Rancho Não Posso Me Amofiná
6. Império de Samba Quem São Eles
7. Bole-Bole
8. Xodó da Nega
9. Matinha
- Domingo, 16 (Terceiro Grupo):
1. Paixão Rubro Negra
2. Rosa da Terra Firme
3. Alegria Alegria
4. Parangolé do Samba
5. Caprichoso da Cidade Nova
6. Mocidade Olariense
7. Nova Mangueira
8. Embaixada Azulinos
9. Rosa Ouro
10. Guerreiros do Samba e do Amor
11. Boêmios da Vila Famosa
12. Estrela Reluzente

Serviço: Os ingressos para as arquibancadas da Aldeia Amazônia são gratuitos, mas deverão ser trocados por um quilo de alimento não perecível. Neste sábado e no domingo, haverá um posto de troca à imediações da passarela do samba.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

68.4%
0%
0%
10.5%
21.1%