-
07/04/2021 às 08h37min - Atualizada em 07/04/2021 às 08h37min

Marituba inscreve famílias vulneráveis para o 'Renda Marituba'

Benefício de até R$ 200 vai ajudar cerca de mil famílias da cidade

Ascom Marituba
Com edição do Belem.com.br
Benefício será concedido preferencialmente às mulheres chefes de família. (Foto: Ascom Marituba)

          
A Prefeitura de Marituba já começou a inscrever para o 'Renda Marituba', ajuda emergencial para famílias em situação de vulnerabilidade, que sobrevivem com menos de um salário mínimo por mês ou que tiveram as condições financeiras agravadas pela pandemia de covid-19. Cerca de mil famílias devem receber o auxílio, que poderá ser pago por até 12 meses. O objetivo também é aumentar o poder de consumo desses cidadãos para que a economia do proprio município não seja prejudicada. O cadastro pode ser feito pelo
site da Prefeitura.

Quem pode receber

Cada cadastro será analisado pelas equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semads), que vão selecionar as famílias que se enquadram no perfil exigido pelo programa. A situação de vulnerabilidade social será comprovada por meio de visitas domiciliares e/ou entrevistas investigativas visando a sua confirmação, realizadas por profissionais da área social.

Em parceria com o Banco do Estado do Pará (Banpará), o benefício será concedido preferencialmente às mulheres chefes de família que possuam renda familiar de até 25% do salário mínimo e que não sejam beneficiadas por rendimentos concedidos por outros programas oficiais de transferência de renda, entre outras condicionantes.

Marituba

De acordo com a estimativa populacional para o ano de 2020 realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), Marituba possui uma população de 133.685 pessoas, sendo que 42.2% da população vivem em famílias com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.9%
3.2%
1.9%
4.8%
12.6%
1.5%
2.6%
1.4%
59.0%