-
14/04/2021 às 16h00min - Atualizada em 14/04/2021 às 16h00min

120 anos do Arquivo Público do Pará terá programação especial

O evento ocorrerá amanhã (15) e no dia 16 de abril

Agência Pará
Com edição do Belem.com.br
Acervo do Arquivo Público abrange registros dos períodos colonial, imperial e republicano. (Foto: Rodolfo Oliveira / Arquivo Agência Pará)

          
O Arquivo Público do Estado do Pará (Apep) completa no dia 16 de abril 120 anos de fundação e a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) celebra a data com uma programação especial que começa amanhã e termina na sexta-feira (16). O evento conta com exposições, lives e conteúdos digitais nos canais oficiais da Secult na internet.


Quem passa pelo comércio de Belém pode não se dar conta, mas o prédio do Arquivo, que se destaca no meio das lojas comerciais, abriga aproximadamente 4 milhões de documentos que ajudam a narrar a história e a memória do país e do Estado. Esse material pode ser acessado gratuitamente.

“Celebrar esses 120 anos será como penetrar em riquíssimas camadas de tempo feitas de personagens, relatos, linguagens, ritos e relações institucionais e sociais que atravessam os séculos. Nossa programação mergulha no passado para mirar o futuro”, destaca a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal.

Programação


Dia 15/04:
Exposição “Epidemias no Pará: memórias e histórias nos documentos do Arquivo Público”, que mostra a importância do Arquivo e de sua documentação no ambiente das pesquisas em torno das principais epidemias ocorridas no contexto amazônico ao longo dos tempos, como as de cólera, tuberculose e varíola. 

As redes sociais oficiais da Secult também vão trazer informações relevantes, por meio de um conteúdo especial sobre a arquitetura e história do prédio do Arquivo Público, em mais uma edição do projeto “Conhecer para Preservar”, realizado por meio do Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Cultural (Dpahc). 

10h - Live “Conservação e preservação de documentos em suporte de papel na Amazônia”. 11h - Live “A criação do Arquivo Público do Estado do Pará: história, memória administrativa e patrimônio histórico”
16h - Live “Epidemias no Pará: memórias e análises”. 


Dia 16/04:
Live “120 anos de Arquivo Público: os usuários e suas histórias"
Live “O Arquivo Público visto por dentro: conversa com os servidores”.

Exposição

A exposição “Epidemias no Pará: memórias e histórias nos documentos do Arquivo Público” estará aberta à visitação a partir do dia 15, até o dia 30 de abril, das 9h às 15h, no prédio do Arquivo Público, sem agendamento prévio, mas poderão entrar apenas duas pessoas por vez. É obrigatório o uso de máscara no local, bem como cumprir todas as medidas de prevenção à covid descritas no espaço. As lives serão transmitidas pelo
canal oficial da Secult no YouTube.

Memória 

O acervo do Arquivo Público abrange registros dos períodos colonial, imperial e republicano. O material ajuda a compreender a ocupação da Amazônia pelos portugueses, as múltiplas vivências dos europeus com os grupos indígenas, a introdução e o trabalho de etnias africanas na região, a entrada dos inúmeros imigrantes, os conflitos e revoltas, as transformações políticas, econômicas, sociais e culturais ocorridas nos últimos quatro séculos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.7%