30/06/2022 às 12h48min - Atualizada em 30/06/2022 às 12h48min

Pablo Marçal afirma que Lula e Bolsonaro são “farinha do mesmo saco”

O pré-candidato do Pros disse, também que os dois querem "perpetuar a miséria"

Com edição da Redação Belem.com.br
Luma Vidal - Ascom
“São farinha do mesmo saco, que se auto intitulam pais dos pobres", afirmou Pablo Marçal, sobre Lula e Bolsonaro. (Foto: Divulgação)

                                                                                                                                        
Pré-candidato à Presidência da República pelo Partido Republicado da Ordem Social (Pros), Pablo Marçal, declarou hoje (30), que o presidente Jair Bolsonaro, do Partido Liberal (PL) e o pré-candidato petista (PT) Luiz Inácio Lula da Silva, têm um interesse em comum: se perpetuarem na política às custas dos miseráveis. 

Pablo Marçal disse que os dois principais candidatos à Presidência limitam o crescimento do Brasil. “São farinha do mesmo saco, que se auto intitulam ‘pais dos pobres’,  mas atuam para manter o Brasil pobre”,  criticou o pré-candidato do Pros

Marçal revela estar ansioso para confrontá-los. “Não vejo a hora dos debates chegarem para desmascará-los”, acrescentou. Marçal, que tem como plano governamental a criação de quatro milhões de empresas, além de subsidiar startups e fomentar incubadoras, aposta no empreendedorismo para gerar empregos. 

“Vamos impulsionar pessoas do assistencialismo para o empreendedorismo “, avisa. Pablo Marçal antecipa que também vai  exportação não só de matéria prima, mas de tecnologia e produtos nacionais. 

Pablo Marçal ainda ressaltou que se vê diferente com relação aos principais adversários. “Diferente de Bolsonaro e Lula, meu propósito é estimular a população a prosperar e criar as condições para que os brasileiros não precisem da esmola oficial, criada para atrair votos”, falou.

O pré-candidato do Prosque tem feito expedição pelo país, ouvindo a população para concluir a formatação de seu plano de governo, já em elaboração com a contribuição de mais de duzentos especialistas em diversas áreas. 

“O objetivo essencial é construir um Brasil rico, pois eu sei que essa nação continental reúne todo o potencial para conquistar o desenvolvimento pleno, encerrando esse ciclo de ‘messias’ e ‘pais de podres’ que só interessa a esses grupos políticos mesquinhos”, finalizou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »