-
26/12/2019 às 15h57min - Atualizada em 26/12/2019 às 15h57min

Marujada leva centenas de pessoas à Bragança

A festa em homenagem a São Benedito, o Santo Preto, mexe com o coração dos paraenses

Andreza Gomes
Jornalista do belem.com.br
Nos dias 25 e 26 de dezembro, Marujos e Marujas colorem as ruas de Bragança desde as primeiras horas do dia (Foto: Julianna Santos)
   
A professora de História Julianna Santos, de 27 anos, neste período da Festa da Marujada, em Bragança, no nordeste paraense, deixa as salas de aula e se transforma em uma Maruja para saudar e louvar São Benedito.

“Há 15 anos, saio de coração vestida de Maruja, participo de toda a programação. Neste momento, estou me arrumando com a roupa vermelha para saudar São Benedito durante a procissão”, disse, no início da tarde desta quinta-feira (26).

A Festa da Marujada é uma festa tradicional na cidade de Bragança, que, no mês de dezembro, recebe muitos turistas e moradores de municípios vizinhos para participar e reverenciar esta grande manifestação da cultura popular, cuja origem está ligada ao período da escravidão.

Quem visitar a localidade poderá, além de curtir os festejos, conhecer pontos turísticos como o Teatro Museu da Marujada, a igreja e o Mirante de São Benedito, a orla de Bragança e Largo de São Benedito. No barracão da Marujada, onde são realizados os ensaios, o público confere as apresentações de danças como: o xote, mazuca e o retumbão.

“O que nós vemos aqui na cidade de Bragança são muitos turistas e visitantes comprando roupas de Marujo, chapéu de Maruja e os hoteis da cidade lotados. Hoje, teremos uma linda procissão”, relata a professora.

O encerramento da festividade ocorre com o abraço simbólico dos Marujos e Marujos à igreja de São Benedito, por volta de meia-noite. “Participamos da procissão, da missa e, à meia-noite, os marujos e marujas dançam ao redor da igreja de São Benedito e dão um abraço simbólico no prédio”, conta.  

O historiador Dário Benedito Rodrigues comenta, emocionado, como está o clima da cidade nesta quinta-feira (26).

“Bragança está tomada de Marujada. Inúmeros Marujos e Marujas, crianças vestidas de marujos. A Marujada transforma Bragança no seu melhor cenário e Bragança vê a vida pelos olhos de São Benedito. No caso, é tudo, luz, cor e dança, o colorido da Marujada”, relata.



 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

68.4%
0%
0%
10.5%
21.1%