-
02/02/2020 às 09h16min - Atualizada em 02/02/2020 às 09h16min

Ananindeua recebe hoje o Bloco “Não me Khalo”

Andreza Gomes (Jornalista do www.belem.com.br)
Coletivo Mulheres de Ananindeua em uma de suas ações (Foto: Acervo pessoal)
 
 
   Liberdade de ser mulher é a proposta do bloco “Não me Khalo” organizada pelo coletivo de mulheres de Ananindeua em Movimento- CMAM, que sai hoje, 02 de fevereiro, às 14h, na Cidade Nova 05, em Ananindeua.

Segundo Rafaela Cunha, uma das organizadoras, “a ideia do bloco é falar sobre a liberdade de ser mulher, principalmente, mas funciona para qualquer um que se sinta ameaçado por ser o que se é”, explica.

No total 12 mulheres participam do coletivo CMAM que iniciou em março de 2019, e atua com feiras para artesãs de Ananindeua, o nome das Feiras se chama “Mãos de mulheres”,

“A intenção é fazer um dia de exposição de arte em diferentes bairros de Ananindeua. Como deu muito certo o coletivo, resolvemos também atuar em diferentes áreas da cultura e educação, esse é o caso do Carnaval, que sempre é político”, detalha Rafaela.

Ela acrescenta ainda “queremos fortalecer a ideia que a rua é nossa, nós saímos quando e como quisermos e devemos ser respeitadas. Basta de violência contra mulher, de assédio e ainda queremos enfatizar o quanto discordamos desses Governos que estão aí a nível Federal- machista e misógino, mas também a nível municipal, onde não temos política voltada para as minorias”, pontua.



O Bloco é uma alusão à figura política e artística Frida Khalo, “é aberto para todas e todos, desde que respeitem os brincantes e as falas das manas que irão comandar o bloco”, conclui.

A programação do Bloco “Eu não me Khalo”, será logo mais, com concentração às 14 horas e saída em direção a arterial 18, às 15h.
Haverá concurso de marchinha durante o evento.

Confira a  Marchinha Bloco "não me KHALO"
Autoria: Rafaela Cunha e Valério Gomes

Eu não me KHALO
Ninguém vai me calar
Nesse carnaval o nosso bloco vai passar
Na tua rua, vestida ou nua
Se liga! O Corpo é meu quem decide essa parada sou eu.
Eu não me KHALO
Ninguém vai me calar
Eu sou mulher , sou mulher de movimento
Não espero eu mudo o tempo!
E Ananindeua vai se transformar
Porque na tua rua nosso bloco vai passar

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.1%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%