-
-
22/02/2020 às 15h00min - Atualizada em 22/02/2020 às 15h00min

Oficina de iniciação à fotografia prorroga inscrições

O renomado fotógrafo Miguel Chikaoka é o orientador da oficina "De Olhos Vendados", que acontece na Kamara Ko Galeria, de 9 de março a 13 de maio

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
Mais do que resultados, o processo prioriza a poética e o experimental (Foto: Divulgação)
   
A fotografia como linguagem e compreensão do mundo. O fotógrafo Miguel Chikaoka foca no sensível humano para trabalhar o conhecimento sobre a potência da fotografia na oficina "De Olhos Vendados", na Kamara Ko Galeria, para atividades que ocorrerão entre 09 de março e 13 de maio. As inscrições foram prorrogadas até o dia 03 de março.

Essa experimentação iniciou na década de 80, em Belém, com a proposta do fotógrafo em combinar práticas sensoriais com fazeres artesanais para ampliar a percepção do mundo a partir e através da luz. Em movimentos cada vez mais coletivos, os encontros se utilizavam da fotografia como condutor para percepção de relações humanas e da compreensão visual do mundo. O grupo é convidado ao "exercício do pensamento crítico-criativo sobre a essência do que permeia o fazer fotográfico", diz Chikaoka, sobre as oficinas recentes, De Olhos Vendados.

As vivências propostas nos encontros do grupo articulam-se a partir da leitura da luz enquanto matriz do processo, e conectam o desenvolvimento com a gênese da fotografia e sua importância para compreender e refletir sobre o seu uso, desde os primórdios até os dias atuais.

A programação traz práticas de construção e uso de dispositivos de visualização, captura e análise de imagens, jogos e exercícios sensoriais, saídas a campo e rodas de conversa, em doze encontros. A perspectiva da luz - suas características, propriedades e significado, é abordada em um passeio pela fotografia artesanal - como a pinhole, fotografia digital, conhecimento sobre a câmera fotográfica, fluxos de trabalhos, entre outros temas.

Mais do que resultados, o processo prioriza a poética e o experimental, neste trabalho orientado por Miguel Chikaoka, fotógrafo que reside em Belém há cerca de 40 anos, onde idealizou os projetos de criação da Associação Fotoativa e da Agência Kamara Kó Fotografias.

Natural de Registro-SP, seu trabalho dedicado ao estudo e práticas educativas é pautado em abordagens que buscam expandir os sentidos do olhar para além da fotografia. Como artista, dedica-se à criação de obras que transitam entre imagens, instalações e objetos que tratam de questões filosóficas e políticas que norteiam seu engajamento no campo da educação e, ao longo de mais de 3 décadas, além de uma dezena de individuais, soma participações significativas em exposições no Brasil e no exterior.

Serviço:
Oficina "De Olhos Vendados", de Iniciação à Fotografia, com Miguel Chikaoka, com inscrições abertas até 03 de março, com atividades entre 09 e março a 13 de maio, às segundas e terças, de 19 as 21h30 + práticas de laboratório saídas, viagens, consultas e orientações presenciais ou on line. Na Kamara Ko Galeria - Travessa Frutuoso Guimarães, 611 (entre General Gurjão e Riachuelo). Inscrições na galeria ou pelo formulário on-line.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Belém tem mais de 200 praças. Você concorda que a praça ainda é o lazer mais barato para as famílias em Belém?

91.4%
8.6%
-
-
-