-
03/03/2021 às 09h02min - Atualizada em 03/03/2021 às 09h02min

Governo do Pará decreta toque de recolher a partir desta quarta (3); confira as novas proibições

As novas medidas terão validade de sete dias

Redação do Belém.com.br
No Pará, a taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos está em aproximadamente 80%. (Foto: Reprodução)
     
Na noite desta terça (2), o governador Helder Barbalho e os prefeitos da Região Metropolitana de Belém anunciaram uma série de medidas para conter o novo surto da covid-19. O decreto que será publicado hoje (3) tem validade de sete dias e coloca todos municípios paraenses no bandeiramento vermelho, com risco máximo de transmissão.

Entre as principais medidas anunciadas pelo governador estão o toque de recolher entre o período das 22h às 5h, proibindo a circulação de pessoas nas ruas; eventos privados podem reunir, no máximo, 10 pessoas; esportes coletivos estão suspensos; proibição da venda de bebida alcoólica após as 18h; e restaurantes e lanchonetes só podem funcionar até as 18h, com lotação máxima de 50%.

No Pará, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos está em aproximadamente 80%. Já em Belém, os números da covid mostram uma taxa de ocupação de leitos clínicos em 94%. A partir das novas variantes do coronavírus, uma pessoa contaminada é capaz de transmitir o vírus para mais dez pessoas.

Os dados comparativos do número de óbitos por covid-19 em Belém também aumentaram. Em novembro de 2020 foram registrados 96 óbitos confirmados e em fevereiro de 2021 foram registrados 203 óbitos.

Confira abaixo as medidas de restrição do novo decreto

- Todos os municípios paraenses serão enquadrados no bandeiramento vermelho (risco alto);
- Ficam proibidas aglomerações, reuniões, manifestações, passeatas/carreatas em locais públicos, para fins recreativos, com capacidade superior a 10 (dez) pessoas;
- Proibição da prática de esportes coletivos amadores com mais de 2 (duas) duplas, inclusive os realizados em arenas e estabelecimentos;
- Os restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos afins poderão funcionar com lotação máxima de 50% da capacidade, e só podem ficar abertos até às 18 horas;
- Os eventos privados podem ser realizados com, no máximo, 10 pessoas, sendo permitidas apresentações musicais com até 2 (dois) artistas;
- As lojas de conveniência, supermercados, mercados e demais estabelecimentos não podem vender bebidas após as 18 horas;
- Fica proibida a circulação de pessoas, no período compreendido entre 22h e 5h, salvo profissionais que desempenham atividades essenciais e pessoas com necessidades para aquisição de medicamentos, gêneros alimentícios e atendimento médico-hospitalar de emergência;
- Ficam autorizados a funcionar clínicas de estética, salões de beleza, barbearias e estabelecimentos afins, respeitando as regras gerais previstas no decreto, apenas para serviços individuais, com hora marcada.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.0%
2.9%
3.2%
2.0%
4.8%
12.6%
1.5%
2.6%
1.4%
59.0%