-
19/03/2020 às 12h30min - Atualizada em 19/03/2020 às 12h30min

Secult lança "Festival Te Aquieta em Casa"

Evento vai selecionar 120 conteúdos artísticos e culturais digitais das mais variadas linguagens artísticas

Agência Pará
Com edição do belem.com.br
Os artistas contemplados serão remunerados com um valor de R$ 1.500 e terão suas páginas na internet divulgadas nas redes da Secult (Foto: Bruno Cecim/ Agência Pará)
  
O governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), vai lançar nesta quinta-feira (19), o credenciamento para o "Festival Te Aquieta em Casa", selecionando 120 conteúdos artísticos e culturais digitais das mais variadas linguagens artísticas, incluindo música, artesanato, contação de histórias, artes visuais, dança, teatro, expressões culturais populares, entre outras manifestações.

Os artistas contemplados serão remunerados com um valor de R$ 1.500,00 e terão suas páginas na internet - onde estará disponível o trabalho selecionado - divulgadas nas redes da Secult. Essa é mais uma ação de fomento à cena cultural, que também está sendo penalizada com as medidas restritivas e importantes de prevenção ao COVID-19.

O objetivo é movimentar a economia da cultura e da arte, ao mesmo tempo em que incentivamos as pessoas a permanecerem em suas casas. Os participantes terão acesso às regras do credenciamento para o Festival Te Aquieta em Casa no site da Secult (www.secult.pa.gov.br), que conterá ainda instruções sobre a forma de gravação e postagem do material nas redes do próprio artista.

O conteúdo será selecionado por uma equipe de técnicos e o resultado será publicado nas redes sociais da Secretaria de Cultura.

Suspensão

 
Enquanto isso, a Secult também informa que, como medida preventiva ao Covid-19, estão suspensas até o dia 30 de março as seguintes programações culturais:
  • Visitas ao Arquivo Público e aos museus e memoriais do Estado;
  • Programações culturais,
  • Espetáculos e visitas guiadas no Teatro da Paz e no Teatro Gasômetro;
  • Qualquer atendimento presencial ao público;
  • Emissão de carteirinhas de gratuidade;
  • Palestras e oficinas programadas pela Secult.
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.0%
1.5%
3.0%
1.0%
57.9%